Meu Diário
08/09/2019 13h47
Hipocrisia , falsidade também sao “gatilhos “ da depressão

Hipocrisia, falsidade também são “gatilhos” da depressão 

Predominam nas relações pessoais atitudes e sentimentos de hipocrisia e falsidade. Eles se aliam a outros comportamentos e sentimentos tais como violência, ansiedade, insegurança, , medo , incertezas, consumismo , materialismo , dependência virtual , e falta de vínculo com padrões de verdade para encaminhar as pessoas à depressão. 
Afetados psicologicamente, enfraquecemos fisicamente. Assim, é indispensável que cuidemos também do nosso corpo físico por meio de atividades físicas diárias , alimentação balanceada e exames anuais de rotina. É indispensável não intoxicar o corpo com drogas ( álcool, cigarro, drogas ilícitas e outros venenos) e dormir , pelo menos , sete horas por dia. 

Em Romanos 12. 9 , o texto sagrado adverte sobre a falsa amizade: “ ...que o vosso amor não seja fingido...”

Marcos Antônio Vasconcelos Rodrigues


Publicado por Marcos Antonio Vasconcelos em 08/09/2019 às 13h47
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
24/08/2019 13h21
”Ah...Europa... sua linda...!!!

"Ah...EUROPA...sua linda...!!!

Europa sua linda, inocente, desinteressada e bondosa! Você dividiu povos e nações, criou fronteiras artificiais que colocaram povos amigos em guerras. 
Escravizou milhões de africanos, dizimou milhões de indígenas, assassinou milhões de judeus, ciganos e gays. Viveu os últimos 2 milênios em guerras, produzindo inclusive duas guerras mundiais. 
De quebra nos brindou com o comunismo, o nazismo e o fascismo. 
A super civilizada Europa que matou, estuprou, explorou e roubou ouro, café, açúcar, madeira, minerais e vidas agora anda preocupada. 
Devastou continentes e civilizações inteiras. 
Extinguiu milhares de espécies animais. 
Agora essa mesma Europa que transformou suas próprias florestas em carvão, essa tão boazinha e inocente Europa agora está preocupada com a Amazônia e quer dar sermão no país que mais protegeu as suas florestas no mundo. 
Ah Europa sua colonialista genocida linda!"

Texto de Autor desconhecido - Texto corrente em redes sociais


Publicado por Marcos Antonio Vasconcelos em 24/08/2019 às 13h21
 
23/08/2019 12h40
Interferência inoportuna...

Os vegetais , que se encontram também sob a água, absorvem a luz solar e o gás carbônico e liberam oxigênio. São , portanto, importantes para a manutenção da vida, todavia essa convocação do governo francês para tratar da questão com outros países sem primeiro procurar o governo do Brasil 🇧🇷 é que vejo como inoportuna!


Publicado por Marcos Antonio Vasconcelos em 23/08/2019 às 12h40
 
11/08/2019 10h05
Feliz Dia dos Pais

De certa forma, o papel de um bom professor se assemelha ao de um bom pai: cobrar, cuidar, acompanhar, contribuir para a preparação do futuro do filho ( aluno) , alegrar-se com o sucesso dele... 


Publicado por Marcos Antonio Vasconcelos em 11/08/2019 às 10h05
 
07/08/2019 11h09
Declínio da essência do futebol brasileiro

Dec

Declínio da essência do futebol brasileiro 

Luxemburgo tem razão ! 

Análise perfeita de Vanderlei Luxemburgo , técnico do Vasco da Gama, ao afirmar que “o futebol brasileiro perdeu sua essência, que passou a se preocupar mais com a tática que com o futebol ofensivo e técnico.”
O futebol europeu nos tinha como referência, agora é o inverso: o futebol europeu é que é citado como modelo de referência para o futebol brasileiro! 
Sempre entendi que Tele Santana foi o último grande treinador a conseguir implantar a essência do futebol brasileiro nas seleções brasileiras de 1982 e 1986 e também no São Paulo Futebol Clube. 
Os dois fracassos de Tele Santana ( não conseguiu conquistar nenhuma Copa , apesar de praticar futebol de primeira linha, principalmente na Copa de 1982) contribuíram para a mudança de mentalidade de alguns técnicos que passaram a se preocupar em conquistar títulos em detrimento do bom futebol. 
A partir daí surgiram os técnicos retranqueiros , tipo Parreira e  Felipão , que ao conquistaram , respectivamente as Copas do mundo de 1994 e 2002. O estilo de jogo desses dois técnicos passou a inspirar o modo de atuar dos times brasileiros : pegada forte, marcação e retranca . Caberia aqui o lema: “ não adianta jogar bonito e perder”.


Publicado por Marcos Antonio Vasconcelos em 07/08/2019 às 11h09



Página 2 de 52 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]