Textos

Depressão e outras doenças da alma , o que fazer para prevenir?
Algumas dicas simples para prevenir depressão e outras doenças da alma:

1. Fazer atividade física , se possível, todos os dias, ou pelo menos , três vezes por semana;
2. Ore nas seguintes situações, dando ênfase em agradecer e compartilhando com o Céu tudo o que lhe ocorrer:
a) Antes de dormir ;
b) Ao acordar;
c) Antes das refeições ( agradeça).
3. Aprenda a lidar com pensamentos ruins que surgem naturalmente no seu dia a dia. Por exemplo, reaja imediatamente a eles, trazendo  lembranças de situações agradáveis que você já viveu ou memorize frases de otimismo ou versículos para mentalizar no momento em que os maus pensamentos o atacarem;
4. Evite o consumo de drogas legais ( álcool, fumo ) e ilegais ( maconha, cocaína , dentre outras);
5. Procure sempre servir às pessoas quando solicitado ou não ;
6. Tente desenvolver o hábito da leitura . Comece lendo uma página de um livro por dia. Se não gostar de livros, faça palavras cruzadas, leia revistas em quadrinhos , assista a bons filmes;
7. Não  dê importância ao que falam sobre você;
8. Sempre que possível, procure ficar em contato com a natureza;
9. Visite, pelo menos uma vez por mês, asilos , abrigos de idosos ou outros locais onde existam pessoas em processo de recuperação;
10. Inclua frutas e verduras em sua alimentação;
11. Dormir em média entre 7 e 8 horas por dia;
12. Não guardar sentimentos venenosos: ódio, ressentimentos , desejo de vingança, falta de perdão...
Não esqueça : somos apenas passageiros apressados do planeta terra.

PS. Para mim, essas orientações funcionam . Creio que dará bons resultados também para você.

Marcos Antônio Vasconcelos Rodrigues
Marcos Antonio Vasconcelos
Enviado por Marcos Antonio Vasconcelos em 06/07/2019
Alterado em 07/08/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários