Textos

Futebol: cair para a Série B seria um “mal necessário “ ao Cruzeiro
Cair para a Série B seria um “mal necessário “ ao Cruzeiro

A atual situação do Cruzeiro é um pouco semelhante à enfrentada pelo Internacional em 2016, ano em que o time colorado amargou o rebaixamento à Série B.
Àquela época , o time gaúcho enfrentava problemas internos, inclusive entre a torcida, além de crises administrativa e financeira.

Esses e outros fatores contribuíram para influenciar o rendimento da equipe dentro das quatro linhas, levando a trocas sucessivas de técnicos no decorrer da temporada , como se o treinador fosse culpado pelas crises administrativas do clube.

Nada menos que quatro treinadores passaram pelo esquadrão gaúcho na temporada 2016: Argel Fucks , Paulo Roberto Falcão, Celso Roth e Lisca.
Na Série B de 2017 , o Inter continuou com a mesma estrutura e cotas de TV e teve um ano inteiro para se reorganizar em todos os aspectos .

Voltou à Série A de 2018 mais robusto e consistente terminando a competição na terceira colocação com 69 pontos , atrás apenas de Palmeiras ( campeão) e Flamengo.
Certamente, há aspectos negativos que um “gigante” tem que enfrentar quando vai disputar uma Série B: excesso de cobrança da torcida, receio de passar mais de um ano na Série B , provavelmente rendas menores, dentre outros , mas no caso do Inter , a queda foi até certo ponto positiva.


Como já disse, os problemas do Cruzeiro são bem parecidos com os do Inter , talvez, até piores: crise administrativa e financeira, protestos frequentes das organizadas do Clube no estádio e nos centros de treinamento, cartolas envolvidos em corrupção e desvios de verbas e outros escândalos, elenco formado por muitos “medalhões” envelhecidos e desmotivados, trocas sucessivas de treinadores, salários atrasados.

A exemplo, do Inter, o clube estrelado precisaria de um ano de Série B para se reorganizar e voltar à Serie A em 2021 mais equilibrado e robusto.



Marcos Antonio Vasconcelos Rodrigues - Redator do Site Eternamente Futebol , acompanha futebol desde os anos 1970. Professor concursado da Rede Pública Estadual de Ensino do Ceará.

Possui especialização em língua portuguesa e literatura, autor do livro Palavras do meu sentimento.
Marcos Antonio Vasconcelos
Enviado por Marcos Antonio Vasconcelos em 29/11/2019
Alterado em 07/01/2020
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários